You are currently browsing the category archive for the ‘opinião’ category.

tencommandmentsOlá meus amigos leitores… já faz um tempo que não volto a escrever aqui. Estive ocupado… agora espero voltar com fôlego e idéias para alimentar suas reflexões…

Esses dias assisti ao filme Os 10 Mandamentos, de Cecil B. DeMille. Nossa, que filmão. Mesmo sendo antigo, mesmo sendo bastante “ensaiado”, dando aquele toque teatral à atuação, é um clássico. E realmente me fez refletir… valeria a pena ser um magista ? Valeria a pena fazer rituais de magia, falar com espiritos, se dar ao trabalho de tudo isso ? Para quê, eu pergunto. Se nós somos Deus, e Deus está em tudo, e Deus é o que nos move através  da vida, do tempo e do espaço… de todas as experiências, é essa força que nos move. Não, de forma alguma estou falando no Deus da igreja, no Deus dogma… no Deus Bíblia. Estou falando do Deus agnóstico. Essa entidade que só sabemos um pouco, que sentimos dentro de nós e ao nosso redor, e que conecta tudo. É Dele que estou falando.

Para que, realmente, “adorar deuses de pedra” ? Eu entendo o que essas doutrinas pregam. Creio que já li o suficiente para compreender. Os magistas, wiccans, shamans, umbandistas e afins… realmente contatam seres do mundo astral para conseguir informação, auxílio, esclarecimento, e não há mal algum nisso… mas acho que todos deveriam se lembrar e se concentrar mais no Principal. É aí que entra o tal Deus agnóstico que mencionei. Você é Deus. Respeite a vontade sua, ou seja, Dele, que são a mesma coisa. Exatamente por isso que, num dos mandamentos, diz para não se curvar perante ídolos, pois não há ninguém acima de si mesmo, ou do próprio Deus, que é Tudo, inclusive você. Curvar-se seria o mesmo que se escravizar para outra força, e isso é ridículo, pois onde já se viu Deus escravo ? Isso é sem fundamento, é um contra-senso contra você mesmo.

Ok, então para deixar claro: acho muito interessante, muito instrutivo e realmente muito poderoso o contato com os Antigos Espíritos da Terra. Espero um dia presenciar um fato desses, e humildemente, prestar meus respeitos. Mas, continuarei de cabeça erguida, ouvindo o Deus que há dentro do meu peito, que é a fonte de energia que jorra no meu próprio Espírito, e que me deu a dádiva de estar aqui, encarnado, nesse momento.

Outra coisa que estava pensando após ver esse filme e que me veio à cabeça… Tantas pessoas seguem os 10 mandamentos à risca, simplesmente porque está escrito na Bíblia, ou porque ouviu na igreja sobre eles, ou porque assim dita o comportamento “politicamente correto”. Para essas pessoas, eu só tenho a dizer uma coisa: “AFFFFF”.

“AFFFF” pra vocês, que não usam seu discernimento. Qual o valor de tal lealdade para com um código ? Nenhum.

Para que o código tenha realmente peso, e valha alguma coisa, você deve concordar com cada sílaba dele. Deve perguntar para seu íntimo “isso está certo?” e verificar a resposta que vem. Somente assim você o seguirá e respeitará, pois somente com significado PROFUNDO as palavras realmente valem alguma coisa…

Isso vale desde os 10 mandamentos até o Código de Defesa do Consumidor. Claro que há um abismo imenso entre uma coisa e outra, mas dá para você entender o que quero dizer… um pedaço de papel em que diz o que você deve fazer, e você acaba concordando com isso, se chama Contrato. Aliás, nem precisa ser pedaço de papel. Pode ser verbalmente mesmo.

Mas, voltando ao ponto… o que quero dizer é que os 10 mandamentos não valem LHUFAS se você simplesmente os segue cegamente. Agora, se você o segue porque tem absoluta certeza de que aquilo é certo, e é o melhor para você, ahhh, então você está em paz, pois consegue ter uma lista básica de regras a seguir que te satisfaz de maneira ampla.

Percebe a diferença ? Você não seguirá os 10 mandamentos porque te forçaram… mas porque você os aceitou de bom grado. Aquelas regras estão em concordância com seu Eu Interior… ou Eu Maior, ou Atmã… ou simplesmente Deus.

É como se fosse um casamento. Você se casará/casou com sua esposa porque vocês se encaixaram… houve uma fusão, uma assimilação desde os aspectos mais básicas da existência até os mais elevados… até o Amor… e vocês se uniram. Acontece o mesmo com o código Divino e seu espírito. Somente com o “casamento” os milagres acontecem.

Abraços, meus amigos…

Estava conversando com um amigo meu esses dias e tivemos um papo cabeça sobre críticas de filmes, pois estavamos falando do novo Batman – O Cavaleiro das Trevas, e o assunto acabou passando por outros temas. Nas palavras desse meu amigo: “falamos sobre influencias de ideias em uma pessoa e como fazer para manter sua identidade e opiniões”. Profundo, hein? Enfim… achei que era uma boa compartilhar isso com o oceano de fãs que possuo (risos) nesse mundão da InterNerds.

Aí vai:

<Agostinho> critica oficial do cinemaemcena
<Agostinho> http://www.cinemaemcena.com.br/Ficha_filme.aspx?id_critica=7225&id_filme=5077&aba=critica
<Tiago+1> agostinho
<Tiago+1> ce le mta critica, cara
<Agostinho> hehe
<Tiago+1> ce tinha q relaxar com isso um pouco, acho
<Tiago+1> sei la
<Tiago+1> pelo menos eu penso q nada substitui a sua visao
<Tiago+1> ja li criticas metendo o pau em filme q depois q assisti, achei ótimo
<Tiago+1> nao da pra usar como base
<Agostinho> é

Depois de um tempo…

<Tiago+1> pqp
<Tiago+1> q critica ein
<Tiago+1> caralho
<Tiago+1> esse cara sabe dizer as coisas
<Agostinho> foi a maior que eu li desse cara tb
<Tiago+1> ele realmente AMOU o filme
<Tiago+1> em todos os sentidos
<Tiago+1> putz
<Tiago+1> ainda bem q a gente vai no kinoplex
<Tiago+1> heuaheua
<Agostinho> auhauhauhauhauhuha
<Tiago+1> realmente, merece cada centavo
<Agostinho> ué, não era voce quem não se importava com criticas e agora tah falando que ainda bem que vamos no kinoplex so pq leu uma critica boa?
<Agostinho> não entendi,sr Mazza….
<Tiago+1> existe uma diferença
<Tiago+1> entre saber uma opiniao, e tomar essa opiniao pra sio
<Tiago+1> *si
<Tiago+1> e leva-la a serio ou dar peso demais a ela
<Agostinho> sim….
<Tiago+1> é isso q eu kero q vc entenda
<Tiago+1> essa é a minha visao
<Agostinho> mas eu entendo isso
<Tiago+1> pq vc nao kis ver wall-e no cinema ?
<Tiago+1> aposto pq vc leu criticas falando mal
<Agostinho> sei la…pq eu queria ver mais Hulk e Agente 86
<Agostinho> as criticas do Wall-E são boas,cara
<Tiago+1> hmm
<Tiago+1> enfim
<Agostinho> eu sou um cara “de lua” para filmes,isso que voce tem de entender
<Agostinho> por exemplo, Armageddom é um filme que amo de paixão…va ver as criticas sobre esse filme
<Agostinho> mas eu gosto

<Tiago+1> certo
<Tiago+1> q bom
<Tiago+1> eu estava preocupado pq tava achando q vc dava credito demais pra caras metendo o pau em filmes
<Tiago+1> se vc nao da, entao blz
<Tiago+1> e sobre o q vc disse
<Tiago+1> de eu ler a critica e curtir ir ver o filme
<Tiago+1> há criticos E criticos
<Tiago+1> tem criticos q nao tem criterio. Que nao sao imparciais. Que não conseguem por de lado suas proprias emocoes e gostos e razoes pra analizar um filme friamente, do jeito que ele realmente é
<Tiago+1> um critico é quase como um juiz
<Tiago+1> ele tem q ser justo com akilo q ele está falando
<Tiago+1> sobre o q ele esta escrevendo e dizendo
<Tiago+1> e nao é o q se ve por ai
<Tiago+1> a maioria simplesmente se deixa levar
<Tiago+1> se o cara nao gosta do tema do filme, se ele nao gosta de 1 personagem, se ele acha qualquer coisinha ruim, ja mete o pau e regaça co filme.
<Tiago+1> ou o contrario
<Tiago+1> se é do tipo q ele gosta, se tem itens nele q o agradam, entao ele aplaude o filme, apesar de haver erros gritantes ou coisas ridículas.
<Tiago+1> Eu gostei dessa critica pq o cara soube analizar bem o filme, e mesmo ele elogiando muitissimo varios aspectos do filme, ele consegue ver pequenas pontos onde há coisas medianas.
<Tiago+1> É um cara criterioso e bastante imparcial. Claro que não por completo, mesmo pq isso nao é possivel. Sempre colocamos nossa opiniao e emocao naquilo que fazemos. Mas o nivel de imparcialidade que ele consegue chegar é muito bom.
<Tiago+1> enfim, é isso
<Tiago+1> espero q tenha entendido
<Agostinho> eu entendi
<Agostinho> brigadu
<Tiago+1> brigadu ?
<Agostinho> sim, por vossa explicação
<Tiago+1> ah, de nada

Breve pausa para reflexão…

Veremos se essas críticas são realmente justas ou não. Mas tenho certeza de que o filme não decepcionará em nada, não após ver o trabalho feito em Batman Begins, e tudo o que a equipe do filme passou pra fazer esse segundo filme. E só pela atuação de Heath Ledger valerá cada centavo. Não sei ainda, mas tenho a impressão de que será uma das atuações de vilão mais bem caracterizada, complexa e profunda que já vi, só se comparando com Ian McDiarmid como Darth Sidious em Guerra nas Estrelas

É isso. Depois dum papo cabeça desse, só me resta ir ver o filme. Apesar de achar interessante ler uma crítica bem escrita, nada substitui a experiência de assisti-lo.

Arquivos