É isso ae ! De que vale a vida se não entramos em contato com novos conceitos, com novas formas de pensar e de agir ? Musica, Cinema, Livros… eu sou um cara viciado em Cultura. Querem conversar sobre algo bizarro ou diferente ? Querem contar alguma experiencia incrivel que tiveram ? Este singelo ser vivo aqui se interessa por tudo. Fale com ele, não hesite 😉

É vivendo a vida, de corpo e alma é que se aprende, e que faz valer a Energia despendida para você ter sido criado, pra fazer valer Você estar aqui. Então, nada mais enriquecedor que ler, ouvir, assistir historias, contos, arte, poesia, para expandir sua Realidade, seu Universo, sua Verdade ! Let’s Go !

De Sidarta para Silmarillion

Então, terminei de ler Sidarta de Hermann Hesse. Muito bom o livro, escreverei sobre minhas impressões em breve. Já posso adiantar que o livro possui muitas lições de vida, muito aprendizado para quem gosta de ler livros com Mente e Coração abertos… e a Sabedoria Oriental continua a surpreender.

Comecei a ler O Silmarillion de J.R.R. Tolkien. Para variar, muito bem escrito, muito bem “viajado”, digamos assim… uma variação do Gênese Universal bastante interessante, a do autor. Faz até bastante sentido… e o livro promete informar sobre a origem de tudo, todas as coisas que deram origem à história épica de O Senhor dos Anéis, os anéis de poder, Mordor e o próprio Sauron…

1408

Fumos e vortemos do Cine… como fazia tempo que não assistia a um suspense/terrorzinho… fumos ver 1408. E ao contrário do que eu estava pensando, 1408 não é ano. É número de quarto ! É, é muito engraçado né, eu sei ! Pode rir. 😛

Enfim, foi interessante. O começo do filme não tem nada de aterrorizante, tampouco fantástico ou terrível. Mas com certeza quando a coisa esquenta, aí não pára mais. Gostei do filme, achei muito bem roteirizado e atuado, e tem efeitos especiais na medida certa. Medo? Ora, é claro. Esse era o objetivo. Sentir medo durante o filme, enfrentá-lo, dominá-lo e vencê-lo !! hehe… sim, eu sou doido. Ainda não aprendeu ?

Pretendo em breve escrever sobre essa minha faceta… será interessante. Aliás, tenho muitas coisas ainda para mostrar aqui… então sempre terá bastante material para compartilhar com os leitores daqui.

Mas estou fugindo ao Tema. Então, 1408 é um filme muito bem feito. Só um alerta… você terá um certo receio quando chegar ao seu quarto de noite. Você pensará 2 vezes antes de apagar a luz para dormir… hehehe. Enfim, mais um medo para se vencer. Mais uma vitória ! Pois o filme faz isso com você… te deixa um pouco nóia. Mas é passageiro, assim como todas as coisas na vida…

O Teatro Mágico

Como fazer pra descrever sensações? Essa parece ser a parte mais difícil. Pois bem, tentarei. Ao entrar no local do Show, achei estranho… senti que estava em meio a pessoas diferentes. Não sei explicar ao certo. Enfim, vi que já haviam começado a música. Fui lá, no meio do povão, procurei um lugar para assistir. Acomodados, eu e minha querida começamos a nos sintonizar ao show. Só sei que depois de um tempo, eu já estava acompanhando as musicas, curtindo o som, vendo os malabares e viajando na poesia. E me surpreendi. O Teatro Mágico é um grupo cativante de artistas. As músicas são feitas com muito sentimento, diria até um carinho especial. Tem uma mensagem muito boa, alto astral, reflexiva, positiva. A troca de energia músico-público é muito boa. É uma espetáculo diferente, pois integra muito bem a música, a poesia, o teatro e o circo. Mas estou me limitando a detalhes técnicos, a palavras e descrições. O que importa são as sensações.

Tentarei me lembrar… senti-me feliz por estar ali, contentei-me por sentir aquelas boas vibrações, aquela energia bela a fluir no ambiente, senti um amor gigantesco pela minha querida garota… aquela momento foi muito especial, ali, dançando ao ritmo do som, com ela, e tocando seus cabelos, e relaxando completamente… “Ana e o Mar”, “O anjo mais velho”, “Realejo”… sucessivamente, as musicas foram se seguindo, a alegria contagiante, a integraçao publico-banda aumentando, e ao final parecia explodir. 😀

Ah e as musicas agitadoras de publico ! Aquelas que levantam a poeira, chacoalha tudo e agita a bodega ! HAHA ! “Camarada D’Água”, “Zazulejo”, “Separô”…. muito dahora, eu cantando gritando que nem um doido, batendo palmas com a galera… show mesmo !


É, foi um FDS memorável. Já é uma ótima lembrança. Não vejo a hora de ter outro igual logo =D

Anúncios